Novo indicador da Fipe mostra que inflação é maior para mais pobres na cidade de SP
10/11/2021 22:37 em Novidades

A Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) lançou um índice pra medir a inflação por faixa de renda na cidade de São Paulo. Isso porque os gastos essenciais, como moradia, possuem pesos diferentes no orçamento de cada parcela da população.

Com o aumento da inflação no país, houve diminuição do poder de compra do consumidor, mas o impacto da alta de preços é maior para os mais pobres, segundo mostra o novo indicador.

O número, chamado de IPC-FX, será divulgado mensalmente e mostra que, de outubro de 2020 até outubro de 2021, para as famílias com renda de mais de 8 salários mínimos, a inflação foi de 9,67%.

Já para as que tem renda entre 3 e 8 salários mínimos, a inflação chegou a 10,38%.

Para os mais pobres, com renda entre 1 e 3 salários mínimos, a inflação acumulada no período supera 10,63%.

Segundo a Fipe, as despesas essenciais que pesam mais, justamente para os que ganham menos.

Nos últimos 12 meses, o aumento dos custos com habitação, que incluem aluguel, gás, energia elétrica e água foi de pouco mais de 7% para famílias com maior renda e passou dos 10% para as famílias mais pobres, com renda entre 1 e 3 salários mínimos.

COMENTÁRIOS
Transmix Bahia FM